Um memorial para deficientes assassinados pelo nazismo

Inaugurado na Alemanha um memorial para os mais de 70 mil deficientes físicos e mentais assassinados em uma campanha iniciada de extermínio por Hitler de janeiro de 1940 a agosto de 1041. A campanha da eutanásia parou devido a protestos, mas os deficientes continuaram sendo mortos pelo regime.

mais em: http://oglobo.globo.com/

Veja também

Dia 02 de maio, acontece mais um encontro através do Canal do YouTube da B’nai B’rith.

Domingo, dia 02 de maio às 17h, acontece mais um encontro através do Canal do …

Deixe uma resposta

Skip to content