Pessach, a Páscoa Judaica

Pessach, a Páscoa Judaica

No ano de 5784, do calendário judaico, e 2024, do calendário gregoriano, estamos todos os judeus do mundo às vésperas de mais uma celebração, como o fazemos há 3,5 mil anos, do êxodo da escravidão imposta pelos faraós aos hebreus por centenas de anos – acredita-se que tenham sido 400 anos.

Será uma celebração onde os reféns israelenses retidos pelo Hamas há mais de 190 dias em Gaza serão lembrados e citados como se fizessem parte de nossa mesa do seder. Portanto, diferente dos outros anos, teremos uma celebração muito especial, quando contamos com a sua libertação para alcançarmos os necessários entendimentos na região, de forma duradoura.

Pessach é um momento, antes de tudo, de reflexão para o povo judeu, marcando a libertação da escravidão no Egito. Neste período, refletimos não apenas sobre nossa própria liberdade, mas também sobre os direitos e deveres humanos universais. Nas mensagens de D’us a Moisés, Ele sempre se colocava como o D’us único de todos.

A B’nai B’rith, como uma organização comprometida com os valores judaicos universais e os direitos humanos, nos lembra da responsabilidade de defender esses princípios em todas as circunstâncias. Não obstante, também enfrentamos desafios contemporâneos, como o conflito entre Israel e o Irã e seus proxis, como Hamas, Hezbollah, Jihad Islamica, Houtis e outros, além do recrudescimento do antissemitismo no mundo ocidental.

Enquanto celebramos a liberdade, também devemos buscar a paz e a justiça para todos os povos, tanto os envolvidos nesse conflito do Oriente Médio como não. Pois entendemos que só haverá liberdade se prevalecer a paz e a convivência respeitosa entre todos.

Que neste Pessach possamos encontrar a coragem e a sabedoria para promover a paz, o diálogo e o entendimento mútuo, honrando os princípios fundamentais da justiça e da compaixão.

Chag Pessach Sameach!

B’nai B’rith do Brasil

Pessach, a Páscoa Judaica

 

 

Veja também

B’nai B’rith SP celebra o papel da mulher na busca pelo sagrado e pela paz

B’nai B’rith SP celebra o papel da mulher na busca pelo sagrado e pela paz …