B'nai B'rith Rio Grande do Sul

A B’nai B’rith Rio Grande do Sul é extremamente ativa. Conta com as Lojas Yehuda Halevi, Barão Hirsch e Marc Chagal.

Um dos grandes eventos promovidos pela entidade foi a  “EXPOSIÇÃO ANNE FRANK, UMA HISTÓRIA PARA HOJE”, visitada por mais de 100 mil pessoas, em sua maioria estudantes.

Outra manhã havia cinco escolas, cerca de 200 jovens na exposição, conta Matilde Gus, coordenadora da Comissão Organizadora do evento promovido pela B’nai B’rith do Rio Grande do Sul, “Estamos muito sensibilizados com o apoio da população de Porto Alegre”. Muitas mensagens foram deixadas por crianças com as suas impressões, mostrando grande sensibilidade com frases sobre a importância da liberdade e de lutar contra a falta de respeito ao ser humanos. `Isso está nos encantando`. Foram meses de trabalho árduo, mas “os objetivos estão sendo alcançados”, destaca, informando: recebemos pedidos de áreas de colonização alemã como Santa Cruz do Sul e Lajeado para montar as exposições lá.

As mesas-redondas também foram um sucesso, contemplando temas como: “Violência e Racismo”, “Preconceito e Exclusão – a banalização do mal na II Guerra Mundial.  O Mundo aprendeu?, “Preconceito e Exclusão: o ódio às minorias: anti-semitismo, racismo, xenofobia, e a Lei Brasileira”  e “Quando o Adolescente é excluído”.

O evento foi uma co-realização do Instituto Cultural Judaico Marc Chagall, Federação Israelita do Rio Grande do Sul e Plataforma Brasil-Holanda, São Paulo. Contou também com outras duas exposições:

DESENHOS DAS CRIANÇAS DO CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DE TEREZIN: EMBAIXADA DE ISRAEL e FOTOGRAFIAS “UM OLHAR SOBRE DIREITOS HUMANOS”: GRUPO CÂMERA FRATERNA, DA B’NAI B’RITH /RS

 

B’nai B’rith RS: múltiplas atividades

 

 

Skip to content