Culinária Alternativa

 Voluntárias ensinam a Culinária Alternativa: uma revolução alimentar, nutritiva e a baixo custo

A Culinária Alternativa, coordenada por Vivian Silberberg, erealizada pelas voluntárias da B´nai B´roth de São Paulo,  ensina que muito do que é desprezado no preparo da alimentação diária possui alto valor nutricional, podendo ser consumido sem receio. Isto inclui: talos de repolho, espinafre e brócolis, folhas de cenoura, couve flor e beterraba, casca de ovos, batatas e de bananas, ossos, espinhas de peixe e carcaças de frango.

É sabido que grande parte da desnutrição existente em nosso país é causada

por deficiências calóricas e de proteína. Há falta não apenas de quantidade,

mas também de qualidade nos alimentos consumidos. A Culinária Alternativa

mostra como superar estes problemas, utilizando corretamente a parte dos

alimentos que seria descartada, diminuindo o desperdício e proporcionando

uma alimentação de melhor qualidade a custo extremamente baixo.

Acreditando neste conceito, um grupo de senhoras da B´nai B´rith, iniciou em

1990, aulas com duração de cerca de quatro horas cada uma, nas quais as participantes aprendem a preparar e experimentam as novas e saborosas refeições.

As equipes de mães e senhoras que receberam treinamento em creches, escolas

e instituições diversas, demonstraram ao longo do tempo os resultados

positivos desta prática, que na verdade consiste em uma nova visão do potencial

dos alimentos. Em 20 anos de atividade foram assisridas diversas instituições.

 

Algumas das entidades atendidas:

NAIA – Núcleo de Assistencial Irmão Alfredo,

Liga das Senhoras Católicas – Casa da Infância Menino Jesus,

Colégio Santa Amália, Creche São Cesário,

Creche Primavera – LSC – E.D D. Educandário Don Duarte,

Creche Primeiros Passos,

Creche Izaura Cristina Redigolo),

Associação do Abrigo Nossa Sra. Rainha da Paz – Jd São Luiz.

Skip to content