Obama e Netanyahu minimizam diferenças e destacam posições comuns

O presidente dos EUA, Barack Obama, e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, realçaram os fortes laços entre os dois países durante encontro em Washington, dia 9. Ao receber Netanyahu em seu gabinete, Obama saudou a “ligação extraordinária” entre os Estados Unidos e Israel. Por sua vez, o primeiro-ministro israelense declarou que o encontro na Casa Branca é uma oportunidade para reforçar “a amizade e a aliança, que são fortes” entre os dois países. “Como já disse muitas vezes, a segurança de Israel é uma das minhas prioridades em termos de política externa”, prosseguiu Obama, que criticou a recente onda de violência na região e afirmou que Israel tem o direito de se defender. “Condenamos de forma muito forte a violência palestina contra cidadãos israelenses inocentes”, reforçou o presidente americano. Disse também que gostaria de ouvir as ideias de Netanyahu para acabar com a tensão e ao, mesmo tempo, “assegurar que as legítimas aspirações palestinas” sejam atendidas. (Deutsche Welle)

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …