O unilateralismo diplomático, impechment e narrativa

Artigo de Celso Lafer em O Globo. Lafer é professor da USP, e foi ministro das Relações Exteriores no governo Fernando Henrique Cardoso.

Analisa a impropriedade das declarações efetuadas pelo secretário-geral da OEA, Luis Almagro, e pela secretária-executiva da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, Alicia Bárcena, acerca do processo político interno do Brasil, em defesa da presidente Dilma Roussef.

À luz do Direito Internacional, Lafer fala da natureza do funcionamento de instituições multilaterais. Diz que tais declarações: “ São um desvio de finalidade dos objetivos de cooperação das suas instituições em relação aos

quais seus funcionários têm a obrigação jurídica de servir com a objetividade de terceiros imparciais.”

Vale a pena ler: oglobo.globo.com

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …