Instituto Weizmann de Ciências de Israel concentrará esforços nas pesquisas contra o câncer

Instituto Weizmann
Instituto Weizmann

Israel Bar – Joseph,  vice-presidente do Instituto Weizmann de Ciências visitou o Brasil acompanhado de Dany Schmit, CEO das Relações Exteriores para a América Latina, onde buscou reforçar a parceria do instituto israelense com a FAPESP e  também contou com um encontro com os Amigos do Instituto Weizmann do Brasil, organizado pelo presidente do grupo no Brasil, Mario Fleck.

O Weizmann criou um Centro Integrado de Câncer e espera assumir a liderança nesta batalha, participando da  grande revolução que acontece nas pesquisas nesta área.

“Somos umas das mais respeitadas instituições de pesquisa multidisciplinar no mundo. Sem dúvida, o ponto central das atividades do Weizmann nos próximos anos serão as pesquisas ligadas a esta doença, considerada uma das mais mortais”, declarou o vice-presidente do Instituto Weizmann, Israel Bar – Joseph.

“Graças às pesquisas com o genoma humano, temos as ferramentas para entender melhor os mecanismos que levam ao câncer  e podemos oferecer uma esperança de cura”, complementou o professor.

Um dos componentes centrais do Centro Integrado de Câncer será o Banco de Tumores, projeto que contará com a ajuda do Brasil.

“Assinamos um acordo de colaboração  científica entre cientistas do Weizmann e  a FAPESP e esperamos desenvolver o relacionamento entre o Brasil e o Instituto, e este é um dos motivos de nossa visita ao país”, reforçou Dany Schmit, CEO das Relações Exteriores para a América Latina do Instituto Weizmann de Ciências.

Ele finalizou o encontro destacando três projetos de pesquisa que tem o potencial de mudar as nossas vidas: as pesquisas com células tronco (que estão em um estágio avançado onde já é possível transformar células adultas em células tronco),  um novo equipamento de ressonância magnética, que tem uma velocidade ultrarrápida e alta resolução e a importância do acesso aos dados de pesquisa na nuvem,  que podem ser compartilhadas pela comunidade científica mundial.

Veja também

B’nai B’rith está consternada com a invasão no Capitólio dos Estados Unidos

(Washington, D.C., 6 de janeiro de 2021) – O presidente da B’nai B’rith Internacional, Charles …

Skip to content