´Hollywood Contra Hitler´ reúne clássicos da propaganda antinazista

No período da Segunda Guerra Mundial (1939-45), Hollywood –mesmo antes da entrada dos EUA no conflito mundial– produziu diversos filmes que apresentavam conteúdo antinazista. “Hollywood Contra Hitler” reúne seis exemplos claros dessa época.

Primeiro filme diretamente antinazista produzido em Hollywood, “Confissões de um Espião Nazista” (“Confessions of a Nazi Spy”, 1939) narra a investigação de Ed Renard sobre uma rede de espionagem alemã infiltrada nos Estados Unidos.

“Hollywood Contra Hitler” reúne seis filmes de propaganda antinazista

Em “Uma Aventura em Paris” (“Reunion in France”, 1942), a socialite francesa Michele de la Becque esconde em sua casa o piloto americano Pat Talbot e desconfia que o noivo colabora com os nazistas.

Vivendo numa pequena cidade dos Alpes alemães, o professor universitário Viktor Roth e sua família “não ariana” são surpreendidos com a ascensão de Hitler ao poder em “Tempestades d´Alma” (“The Mortal Storm”, 1940).

Em “Horas de Tormenta” (“Watch on the Rhine”, 1943), um casal de alemães retorna aos EUA, mas passa a ser chantageado por nazistas infiltrados no país. Roteiro de Dashiell Hammett baseado em peça de Lillian Hellman. Paul Lukas ganhou o Oscar de melhor ator.

Na Alemanha nazista, sete homens fogem de um campo de concentração no longa “A Sétima Cruz” (“The Seventh Cross”, 1944). Sete cruzes aguardam os fugitivos capturados pela Gestapo. Seis são enterrados, mas na sétima cruz não há ninguém. Quem deveria estar lá ainda luta pela vida.

“Os Filhos de Hitler” (“Hitler´s Children”, 1943) denuncia a ação da Juventude Hitlerista. No filme, uma garota americana é declarada legalmente alemã pelo governo nazista e passa a viver um pesadelo.

Veja também

Festa das Luzes

Amigos e colegas de Diálogo! A Festa das Luzes é um encontro para todas as …

Deixe uma resposta