B’nai B’rith saúda Estado de Israel

BBsaudaIsrael

Temos muito a celebrar em maio

Yom Hazicaron – 05 de Iyar 5777-01 de Maio de 2017-
Yom Haatzmaut– 06 de Iyar 5777-02 de Maio de 2017-
Erev Lag BaOmer-17 de Iyar 5777-13 de Maio de 2017-
Lag BaOmer – 14 de Maio de 2017 – 33º dia do Omer
Yom Yerushalaim – 28 de Iyar 5777 – 24 de Maio de 2017-
Erev Shavuot– 05 de Sivan 5777 – 30 de Maio de 2017-
Shavuot– leitura dos Dez Mandamentos-Izcor-31 de Maio

Tudo isto ocorre no mês de Maio e marca o nosso povo.

Israel como todo ano antecedendo Yom Haatzmaut prestou profunda homenagem a todos aqueles que sucumbiram em defesa do país e vítimas de atos do terrorismo que marca estes século.

Chegamos ao sessenta e nove anos da Declaração da Independência – Aniversário de Israel – com muito orgulho, O único pais que além de seu progresso saudável e de muita contribuição para a Humanidade é o símbolo de democracia e liberdade individual neste trágico Oriente Médio.

As noticias diariamente nos fustigam com algo que os jornais tem a comunicar. Viva o nosso querido povo de Israel!
Seja como for, lá como aqui somente festejamos com dignidade e respeito estas datas. Ameaças quase diárias nos preocupam em potencial de constantes inovações balísticas que exigem uma defesa de rearmamento constante à altura do desafio.

13 de maio – Jerusalém, nosso baluarte desde o Rei David, comemora cinquenta anos de reunificação sob a administração de Israel.

Bela e rica de antigas descobertas, o seu Muro Ocidental (Muro das Lamentações) atrai os visitantes do mundo inteiro para as rezas continuas. É o local mais sagrado do judaísmo e como tal deve ser preservada e reconhecida internacionalmente.

3000 anos de história:
”O Senhor edificou Jerusalém, ele congrega os dispersos (no mundo e) de Israel” – Salmo 147.2.
Uma cidadela de imensas faces. Conquistada ao longo dos séculos pelos Babilônios, Gregos, Romanos, Bizantinos e Cruzados. Ela é o pulso do nosso povo. Hoje podem conviver todos os credos que respeitem os demais.

————————————————————————————

Lag BaOmer – 33º. dia do Omer (que significa contagem). Tem diversas características. Primeiro, uma tradicional homenagem a data do falecimento de Shimon bar Yochai, e por seu desejo é um dia de alegria. Foi o criador do Zohar, livro básico da Cabalá. Isto ocorreu na época babilônica. Outrossim, lembra a recuperação dos alunos de Rabi Akiva, que estavam sendo dizimados por uma peste. Dia de festejos, próprio para casamentos e outras comemorações.

31 de maio, Shavuot – a Festa das Semanas, da colheita das frutas em Israel – “Birkat Hamazon”. A Outorga das leis- os Dez Mandamentos fundamentais até os dias de hoje, praticamente em todas as leis pelo mundo ocidental afora. Na atualidade costuma-se passar a noite estudando nas sinagogas.

Em maio temos muito a celebrar em todo o mundo livre.

Que sejamos abençoados todos pelo que contribuímos pela paz mundial, que se encontrem meios de chegar ao bom senso em beneficio de todos.

Amém

Ernesto Strauss – Diretor Cultural da B’nai B’rith do Brasil

 

CartazYomHaatzmautProgramação3
Yom-Haatzmautcartaz 

Veja também

Feira-do-Livro-Judaicop

Lançamento de Livros na Feira do Livro Judaico.

Uma série de palestras gratuitas acontece durante o evento. Relacionado