Segurança atira e mata homem no Muro das Lamentações

Pouco antes das 8:00 desta sexta-feira de manhã, num momento em que centenas de fiéis judeus visitavam o Muro das Lamentações, um segurança atirou em um homem que supostamente teria gritado “Allahu Akbar”- “Deus é grande” em árabe e puxado um objeto do bolso.

Os paramédicos do Magen David Adom tentaram atendê-lo, mas ele sucumbe aos ferimentos.

O porta-voz da polícia Micky Rosenfeld disse que o guarda abriu fogo com sua pistola, porque ele suspeitava que o homem era um terrorista palestino. O incidente aconteceu no banheiro e o homem de cerca de 46 anos levou vários tiros. A polícia investiga as circunstâncias do incidente.

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …

Deixe um comentário