Polícia Federal prende em Foz do Iguaçu terrorista mais procurado do Hezbollah

A Polícia Federal do Brasil prendeu na manhã desta sexta-feira em Foz do Iguaçu Assad Ahmad Barakat, um dos terroristas mais procurados do Hezbollah na Tríplice Fronteira. Barakat tinha ordem de prisão internacional desde agosto feita a pedido tanto do Brasil como do Paraguai e da Argentina, países onde ele operava e pretendia montar uma célula terrorista para agir em toda a América Latina.

O juiz Rubén Darío Riquelme havia pedido a prisão de Barakt em 31 de agosto por produção e porte de documentos falsos. Barakat era um dos membros do Hezbollah mais procurados na América Latina por ser uma peça-chave do grupo terrorista encarregado do financiamento e lavagem de dinheiro para o grupo através do tráfico de drogas e contrabando.

A procuradora-geral do Paraguai, Sandra Quiñonez Astigarraga, anunciou a prisão, confirmando que Barakat tem pedido de extradição feito pelo Ministério público do país.

Infobase

Veja também

Convenção da Conib ganha brilho filosófico com presença de Bernard-Henri Lévy

De 23 a 25 de novembro, a Confederação Israelita do Brasil (Conib) promoveu em São …