Violência no Sudão deixa mais de 400 mortos

 Mais de 400 mortos e 800 feridos é o saldo dos conflitos entre etnias que desde domingo se agravaram no Sudão, segundo informou um funcionário da ONU ao Conselho de Segurança das Nações Unidas. A cidade de Juba é o centro dos ataques e mais de 15 mil pessoas já procuraram abrigo nas instalações da ONU no local.

fonte:  Noticias UOL

 

Veja também

Campanha CHARIDY Fundo de Bolsas Ninguém Fica de Fora

Para o professor Jonathan Sacks, rabino chefe da Inglaterra, “Os judeus sobreviveram, simplesmente, porque devotaram …

Deixe uma resposta