Pela primeira vez o Parlamento Europeu recordará o Día do Holocausto oficialmente

Pela primeira vez desde a criação do Parlamento Europeu, seu presidente, Martin Schulz, adotou o Dia Internacional da Memória do Holocausto, como parte das cerimônias oficiais.

Em uma carta enviada ao Rabino Avi Tawil, presidente do Centro Comunitário Judaico Europeu – EJCC, Schulz reconheceu a contribuição de sete anos da instituição para a comemoração do Dia Memorial do Holocausto nas instituições da União Europeia e que o Parlamento Europeu está empenhado para a perpetuação da memória da história do Holocausto e promoção da democracia e dos direitos humanos.

A decisão de realizar uma cerimônia oficial é o resultado dos esforços contínuos do EJCC, durante os últimos sete anos.

Veja também

Rabino, monja e jornalista vão debater sobre como a mentira pode ser um obstáculo a cultura da paz

Como a mentira pode ser um obstáculo a cultura da Paz? Como dividir o mundo …

Deixe uma resposta