Tu Bishvat – o Ano Novo das Árvores

Tu Bishvat – o Ano Novo das Árvores

Comemora-se nesta quinta-feira, 25 de janeiro de 2024 (com início no dia 24, à noite) – 15 de shvat de 5784, o Tu Bishvat. Uma data que simboliza o primeiro brotar das árvores que começam a florescer no ano na Terra de Israel. Entramos na estação climática propícia para tal na região.

A celebração, tradicionalmente, ocorre com mesas de frutas em abundância, em especial com aquelas mais citadas na Torá, que são: romãs, azeitonas, tâmaras, figos e uvas. Mas costumamos comemorar com outras também. Nesse dia lembramos a citação bíblica que “o ser humano é uma árvore do campo” (Devarim 20:19) e refletimos sobre os aprendizados a respeito de nosso elo com a natureza.

Que possamos aproveitar esse dia e refletir sobre a beleza, a maravilha que é viver neste planeta, a despeito de tudo, assim como o que o Homem está fazendo com ele. Que possamos todos repensar nossos atos e nos tornarmos seres humanos cada vez melhores, mais fraternos, harmoniosos, mais contribuintes com o nosso semelhante e com o nosso entorno.

Que todos os reféns israelenses, cidadãos ou não, covardemente retidos pela organização terrorista HAMAS, no inaceitável ato de crueldade cometido em território de ISRAEL em 07 de outubro, sejam libertados e que retornem ao encontro de suas famílias e amigos para poderem celebrar Tu Bishvat 5784 com saúde, tanto física como mental.

Que esta organização terrorista HAMAS liberte os palestinos de boa-fé para que possam viver em PAZ, HARMONIA, PROSPERIDADE e DIGNIDADE com todos os seus vizinhos, inclusive e notadamente, os cidadãos do ESTADO de ISRAEL.

Que tenhamos a dádiva de ver erradicadas a violência e barbárie da face da terra e que possamos ter, para todos, paz, tranquilidade, harmonia e fraternidade.

Tu Bishvat “Sameach” – Um “Feliz” Tu Bishvat!

Abraham Goldstein
Presidente Nacional da B´nai B´rith do Brasil

Tu Bishvat – o Ano Novo das Árvores

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …