Noite Cristal: uma lembrança e um alerta contra o antissemitismo

Hoje, 9 de novembro, lembramos da Noite de Cristal, quando as vidraças das lojas dos judeus foram quebradas, sinagogas incendiadas e judeus arrancados de suas casas, às quais muitos nunca mais voltaram..

Hoje, o antissemitismo mostra novamente sua face, sem temor. Temor sentem os judeus em muitos países europeus, se saírem às ruas de quipá (solidéu). Recentemente em diversas cidades alemãs houve manifestações a favor dos judeus, quando a mais de duas mil pessoas se reuniu em locais públicos usando quipá, após o ataque a um judeu na rua identificado pelo solidéu. Um gesto muito bonito, ainda mais por se tratar da Alemanha, que elegeu Hitler democraticamente. Mas, o apoio aos judeus é significativo?

A Noite de Cristal, além de uma triste lembrança, é também um alerta: Estamos fazendo tudo o que podemos para combater o antissemitismo? Vivemos em uma sociedade onde muitos não sabem nem o que é um judeu, e nunca ouviram falar em Holocausto. Onde o discurso de ódio cresce exponencialmente, assim como o racismo e a discriminação de modo geral. Podemos dormir tranquilos, na certeza de que fazemos o máximo possível para um mundo melhor?

Veja também

Uma manhã emocionante com apresentação do espetáculo Mergulho

Ocorreu na quinta-feira, 10 de outubro, no CEU São Rafael em São Mateus, São Paulo, …