Ehud Olmert é preso e deixa mensagem de vídeo

O ex-primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, foi preso ontem, para cumprir 19 meses por corrupção e obstrução da justiça em um caso de corrupção urbanística quando era intendente de Jerusalém entre 1993 e 2003. É-o primeiro caso de um primeiro-ministro preso naquele país.

Ele gravou uma mensagem de três minutos em sua casa, pedindo para que fosse lembrado mais pelas tentativas de obter um acordo de paz com os palestinos do que por seus erros.

Em uma análise de seus erros e acertos em termos políticos o Jerusalém Post de hoje considera que após a Segunda Guerra do Líbano, quando ele era primeiro-ministro foi estabelecida uma relativa calma naquela fronteira em contraposição a situação de violência anterior, e que ele teria sido responsável pela destruição das instalações nucleares da Síria.

Olmert se declara inocente. Ainda responde a outros dois processos na justiça, o que pode aumentar sua pena.

www.jpost.com

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …