Chag Chanuká Sameach – 5784

Neste início da festividade de Chanuká, que tem início na noite desta quinta-feira, 7 de dezembro, e segue por uma semana, compartilhamos algumas reflexões sobre coragem, resiliência e participação divina, palavras que têm tudo a ver com a celebração.

Chanuká é uma comemoração que nos lembra da coragem e determinação do povo judeu diante das adversidades. A história dos Macabeus nos ensina que, mesmo diante de grandes desafios, é possível encontrar força para resistir e lutar por aquilo em que acreditamos.

A resiliência também é um aspecto importante dessa festividade. Durante os oito dias de Chanuká, acendemos a chanukiá, adicionando uma vela a cada dia. Esse ato simboliza a capacidade de superar as dificuldades e encontrar luz mesmo nos momentos mais sombrios. É um lembrete de que, mesmo quando tudo parece perdido, podemos encontrar esperança e renovar nossa determinação.

Além disso, Chanuká nos lembra da participação divina em nossas vidas. A história do óleo milagrosamente duradouro no Templo Sagrado é um lembrete de que D’us está sempre presente, nos apoiando e nos dando forças para enfrentar os desafios. Mesmo quando nos sentimos sozinhos ou desanimados, podemos confiar na presença divina e buscar orientação em nossas jornadas.

Que neste Chanuká possamos encontrar coragem para enfrentar os obstáculos, resiliência para superar as dificuldades e reconhecer a participação divina em cada passo que damos. Que a luz desta festividade brilhe em nossas vidas e nos inspire a sermos pessoas melhores.

Chag Chanuká Sameach!
B’nai B’rith do Brasil

Chag Chanuká Sameach – 5784

Veja também

31 de março – Dia de Lembrança da Inquisição

Você sabe o que foi a “Santa Inquisição”? Iniciada na Espanha em 1478, tinha como …