Cartazes racistas ameaçam população negra em Blumenau

Na manhã da segunda-feira (25), bairros centrais de Blumenau (SC) amanheceram com mensagens de ódio coladas em paredes e postes. “Negro, comunista, antifa e macumbeiro, estamos de olho em você”, diziam os cartazes. Acima da frase, uma imagem ilustra figura encapuzada da Ku Klux Klan – organização racista secreta que nasceu no final do século 19 nos Estados Unidos.

O advogado Marco Antonio André, negro e adepto ao Candomblé, encontrou um dos pôsteres colado em sua porta. Em post no Facebook, ele afirma que, mais do que nunca, a luta por uma sociedade justa e igualitária é necessária. “Quando me coloco a favor dos menos favorecidos e luto pelos direitos e igualdade de todos, não quero excluir, quero agregar. Se minha luta contra o fascismo é incômoda para alguns, o problema não está em mim”.

Até a publicação dessa matéria, o post de Marco Antonio André já havia recebido centenas de compartilhamentos e comentários de solidariedade. Amigos anunciaram a denúncia ao Ministério Público Estadual, mas ainda não havia qualquer manifestação oficial do órgão.

Sul21

Veja também

Mais uma viagem imperdível que ocorre no próximo mês de novembro

Reserve já! As vagas são limitadas.