B’nai B’rith World Center e KKL-JNF homenageiam resgatadores judeus em Yom Hashoá

O presidente da B’nai B’rith International, Gary Saltzman, e o CEO Dan Mariaschin emitiram a seguinte declaração:

Hoje, no Dia da Recordação dos Mártires e Heróis do Holocausto, o Centro Mundial B’nai B’rith e o Fundo Nacional Judaico Keren Kayemet Le Israel (KKL-JNF) realizaram pelo sexto ano consecutivo uma cerimônia conjunta de lembrança do Holocausto. Este é o único evento anual dedicado a comemorar o heroísmo dos judeus que resgataram judeus durante o Holocausto. A cerimônia foi realizada na Floresta dos Mártires – Monumento do Pergaminho de Fogo com cerca de 1.000 pessoas, incluindo cadetes da Polícia de Fronteiras das IDF- Forças de Defesa de Israel – como guarda de honra, estudantes do Ensino Médio de Jerusalém e arredores, estudantes da Academia Preparatória, sobreviventes e socorristas. A cerimônia foi dedicada a reconhecer o heroísmo dos membros da Resistência Francesa Judaica ao salvar judeus durante a ocupação nazista da França.

Entre os participantes da cerimônia estavam a socorrista judia Fanny Ben-Ami, cuja autobiografia foi adaptada para o filme “Fanny’s Journey” (2017); Chefe de missão da embaixada francesa em Israel Frederik Rogge; Tsilla Hershco, autora do livro “Aqueles que andam na escuridão verão a luz: A resistência judaica francesa durante o Holocausto e a Criação de Israel, 1940-1949;” KKL-JNF Diretor da Divisão de Recursos Humanos Eli Achi Mordechai; Diretor do Centro Mundial B’nai B’rith – Jerusalém Alan Schneider e Presidente Haim Katz. Durante a cerimônia, a Citação de um Resgatador Judeu foi conferida pelo Centro Mundial B’nai B’rith-Jerusalém e o Comitê de Reconhecimento do Heroísmo dos Judeus que Resgataram Companheiros Judeus durante o Holocausto (JRJ) a Ben-Ami e em honra de outros socorristas que arriscaram suas vidas para salvar outros judeus.

“RESGATADOES”

Ben-Ami comoveu a audiência ao dizer que está compartilhando esta distinção com o grupo de crianças que liderou durante a fuga da França para a Suíça. Ela também disse ao público: “Viajem pelo mundo, conheçam novas culturas e aprendam, mas construam suas vidas e famílias aqui e somente aqui em Israel. Porque quando as coisas vão mal na diáspora você será expulso. Israel será sempre o único lugar seguro para você”.


Resgatadora Judaica Fanny Ben-Ami:
“Construa suas vidas e famílias aqui e somente aqui em Israel”

Crédito das fotos: Haim Machi Versano/Arquivos fotográficos KKL

Veja também

Noite de Cristais – 81 anos depois

Como sobrevivente do Holocausto, não posso deixar de lembrar esta triste data que marcou o …

Skip to content