B’nai B’rith lamenta recente violência contra Judeus na França

B’nai B’rith International emitiu a seguinte declaração:

B’nai B’rith International condena veementemente a recente violência contra judeus na França. No dia 12 de Janeiro, Alain Ghozland, um político judeu francês, foi encontrado morta em sua casa. Sua família ficou preocupada quando ele não foi para a sinagoga, um dia antes. Ghozland, um judeu de Paris, 73 anos, foi vereador pelo distrito de Créteil, um subúrbio parisiense.

Um professor judeu foi esfaqueado em Marselha no início desta semana, mas os ferimentos não ameaçarem sua vida. A vítima usava kipá e estava a caminho da sinagoga. O responsável pelo ataque é um garoto francês de 15 anos, que usou um facão, e foi preso, pouco tempo depois de que o ataque ocorreu.

A atual onda de antissemitismo, pontuado por tais ataques horríveis, é profundamente desconcertante. A B’nai B’rith, mais uma vez, exorta líderes internacionais para condenar a violência contra os judeus na França.

A B’nai B’rith continuará sua luta contra o antissemitismo na França e em outros lugares onde existe esta injustiça perniciosa. Dirigimos nossos pensamentos e orações para as vítimas e suas famílias.

Veja também

Mil Faces do Ódio – Uma exposição educativa e necessária

NESSIM HAMAOUI E EQUIPE tem a honra de convidar para a inauguração do Espaço Kadimah …