Advogado vai ao STF para proibir publicação de Minha Luta, de Hitler

O advogado Ary Bergher vai entrar com uma reclamação no STF para vetar a distribuição de Mein Kampf, de Adolf Hitler, no Brasil, agora que a obra entrou em domínio público. Bergher vai lembrar uma decisão do STF, de 2001, que envolvia o tema. Na ocasião, com relatoria de Maurício Corrêa, o tribunal entendeu que se tratava de apologia ao crime divulgar um livro antissemita. As editoras Centauro e Geração já anunciaram a publicação da obra. A edição da Centauro já está sendo distribuída. A da Geração está prevista para chegar às livrarias em março — se o STF não censurá-la.

www.oglobo.com.br

Veja também

31 de março – Dia de Lembrança da Inquisição

Você sabe o que foi a “Santa Inquisição”? Iniciada na Espanha em 1478, tinha como …