Após a competição de charges sobre o Holocausto, o Irã apresenta concurso sobre o “Califado sionista”

O Irã anuncia um novo concurso de desenhos animados depois que – recentemente – zombou o Holocausto.

O concurso de desenhos animados sobre o que eles chamam de “Califado sionista”. As questões que definem as categorias do concurso são: “O sionismo, terrorismo e ao racismo” e “terrorismo ISIS e genocídio em nome da religião e para o benefício dos sionistas.”

É organizado pelo Centro de Cultura e Arte Massaf e oferece um prêmio de US $ 5000, US $ 1000 e US $ 500, para os melhores desenhos animados.

Conforme relatado pela agência de notícias iraniana Fars, na seção de retratos e caricaturas de personalidades que levou os concorrentes para se concentrar nas figuras de Theodore Herzl e Rainha Elizabeth. Segundo o noticiário, a competição é dedicada à “Nakba e saída dos palestinos em 1948 para criar o Estado de Israel”.

Veja também

Professor de esquerda ligado a Israel aborda o antissemitismo nas esquerdas

“Convivo com gente da esquerda há décadas e, tendo uma relação muito forte com Israel …