Parashiot Êkev e Vaetchanan

Parashat Hashavua por Ernesto Strauss

O PRIMEIRO REFUSENIK
Fonte: Rabino Pinchas Hacohen Peli z”l

“E então implorei ao Senhor: ó Senhor, mostre-me a Sua Grandeza. Deixe-me passar ao outro lado do rio Jordão”. Esse foi o pedido de Moisés a D´us. Mesmo assim, foi-lhe negado. É uma analogia entre Moisés e o Refusnik moderno. “Senhor, quanto tive de suportar os desafios ao nosso povo!”

“Onde está o está ‘o meu pagamento’ pelos 40 anos no deserto?”

Moisés, o servo obediente de D’us, insistia. Não obstante, a opinião de D’us não mudou. Cada geração por si deve ter os seus líderes. Este incidente, portanto, é de menor importância. Moisés pede para entrar na Terra Prometida. O que lhe foi negado.

——————

MOISÉS COMBINA A SUA FALA AOS ISRAELITAS.
O convocar e o amor
Fonte: Rabino Jonathan Sacks

Como proceder após a morte de Moisés? Os israelitas obedeceriam às regras?

Vide o exemplo de Ruth e Naomi ao terem o rei David como sucessor.

Ele foi exemplo de moral e honra ao Eterno.

——————

O SIGNIFICADO DE UMA PESSOA BOA
Alef Beta
Fonte: Rabino David Fohrman

A palavra Êkev (nome da parashá – porção – semanal) é exatamente o que Moisés dizia ao povo ser.

Eu amo a D’us que sirvo e O temo.

Por que o povo merece entrar na Terra Santa?

A parashá evoca o passado e o sofrimento de 40 anos no deserto. Os erros cometidos, o bezerro de ouro e os dez espiões.

Moisés lhes diz que não precisam ter medo e que devem ser fortes e resolutos.

Não se esquecerem de honrar o nosso Criador e de sempre serem justos.

1) Fazerem sempre justiça;
2) Amar e serem modestos;
3) Caminharem corretamente e honrarem D´us.

——————

A PRIMEIRA PALAVRA
Fonte: Chabad News

Esta semana consta a segunda palavra do Shemah.
Este versículo fala de um pai a ensinar os seus filhos a rezarem o Shemah todos os dias.

E Moisés nos ordenou a seguirmos a Torá.

Trata-se de uma Mitzvá que devemos praticar diariamente.

——————

PRESTE ATENÇÃO A MEU CALCANHAR DE AQUILES
Word Union for Progressive Judaism
Fonte: Rabino Alex Jasarus Klein, de Nova York – EUA

O calcanhar (nome da porção semanal – Êkev) é a parte mais sensível do ser humano. Traça o caráter da sociedade.

Porém, no conjunto do corpo humano, não é um dos mais caluniados.

Na tradição judaica, tem uma visão dos mais favoráveis, dos saltos.

Nosso patriarca Jacó recebeu o nome no nascimento com seu irmão gêmeo Esaú pois o nome Jacó ou Jacob deriva do latim Iacobus que, por sua vez, é uma latinização do nome hebreu Ya’akov, que significa literalmente “aquele que segura pelo calcanhar”. De fato, sabe-se que Jacó teria nascido segurando o calcanhar de seu irmão gêmeo Esaú.

Com a vida uma tanto desestabilizada nos dias de hoje, manter as coisas em pé, tendo o calcanhar como apoio, não é nada fácil.

Veja também

Parashá Bereshit (Gênesis)

  Gênesis – A Criação Union of American Congregation A Torah Rabino W Günther Plaut …

Skip to content