Natal terá Dia em Homenagem às Vítimas da Inquisição

A Câmara Municipal de Natal aprovou em 13 de abril, com grande maioria de votos, o Projeto de Lei que proclama 31 de março como o Dia Municipal em Homenagem às Vitimas da Inquisição. O projeto segue agora para a aprovação do prefeito da cidade, Carlos Eduardo. A iniciativa é do vice-presidente do CIRN – Centro Israelita do Rio Grande do Norte, Samuel Max Gabbay, apresentada e intermediada pelo vereador Julio Protásio. “Natal, Rio Grande do Norte, Nordeste e o Brasil como um todo têm profunda ligação e identificação com os fatos ocorridos durante a Inquisição. É inegável que a formação cultural e populacional do País se deu sob forte influência judaica. Não por acaso, leis semelhantes existem na cidade Belo Horizonte e nos estados da Bahia e Pernambuco”, explicou Gabbay. Sobre o tema, o vereador Júlio Protásio exemplificou: “A influência judaica é tão forte no Nordeste, que influi até em nossa culinária, como na famosa ‘Carne de Sol’, comida tipicamente nordestina, que tem como origem o preparativo da carne de acordo com a religião judaica, o que era feito secretamente na época da Inquisição, uma vez que seus praticantes poderiam ser condenados por práticas judaizantes”. Em 31 de março de 1492, foi assinado o decreto ordenando a expulsão da população judaica da Espanha, sendo este um dos principais marcos da Inquisição. (Conib)

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …