Alemanha: Agora é Oficial, Censura Total

Tribunais Reescrevem a História

Uma nova lei alemã que introduz a censura oficialmente sobre as plataformas das redes sociais entrou em vigor em 1º de outubro de 2017. A nova lei exige que as plataformas das redes sociais, como o Facebook, Twitter e YouTube censurem os usuários em nome do estado alemão. As empresas de redes sociais são obrigadas a excluir ou bloquear todo e qualquer “delito penal” online em suas respectivas plataformas, tais como calúnia, difamação, vilipêndio e incitamento, dentro de 24 horas do recebimento de uma reclamação de usuário – independentemente do fato da reclamação proceder ou não. As empresas de redes sociais têm direito a sete dias para casos mais complicados. Caso não cumpram a lei, o governo alemão poderá multá-los em até 50 milhões de euros por não cumprirem a lei.

A matéria questiona o uso que pode ser feito desta lei, mostrando que um tribunal alemão condenou recentemente o jornalista Michael Stürzenberger (foto acima) a seis meses de prisão por ele ter publicado em sua página do Facebook uma foto histórica do Grande Mufti de Jerusalém, Haj Amin al-Husseini, apertando a mão de um alto funcionário nazista em Berlim em 1941. O promotor acusou Stürzenberger de “incitar o ódio ao Islã” e “denegrir o Islã” ao publicar a fotografia.

https://pt.gatestoneinstitute.org/11244/alemanha-censura-oficial

Jornalista Alemão
(Imagem: captura de tela de do vídeo da PI News)

Veja também

Obrigado por tudo, Profa. Dra. Anita Waingort Novinsky (Z’L)

Dra. ANITA WAINGORT NOVINSKY, Z’L. Faleceu hoje, 20 julho de 2021, em São Paulo, a …

Skip to content