Descoberto em Israel, crânio humano mais antigo fora da África

Um antigo crânio humano encontrado em Israel poderia ser uma das descobertas mais importantes para a compreensão da história da evolução humana. O crânio de 55 mil anos foi encontrado dentro da caverna de Manot, no norte de Israel, há sete anos e recentemente  declarado o crânio mais antigo encontrado fora da África.

Este raro fóssil indica que o homo sapiens teve origem na África Oriental e teria  migrado para o Oriente Médio há cerca de 50 mil a 70 mil anos.

O fragmento de um pequeno crânio humano anatomicamente moderno está sendo estudado por pesquisadores das Universidades de Tel Aviv e Ben Gurion, mas atraiu a atenção de especialistas de todo o mundo.

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …