Jornalista se passa por judeu na Suécia e é obrigado a fugir

Um jornalista sueco decidiu usar kipá (solidéu) sobre a cabeça e andar pelas ruas de Malmo para sentir como é ser judeu na Suécia.

Os resultados foram extremamente perturbadores. Foi forçado a fugir depois de ter sido amaldiçoado e agredido.

O jornalista Petter Ljunggren fez um documentário de 58 minutos, intitulado “Ódio-Judeu em Malmo.”

w-kippahsweden-12515

www.unitedwithisrael.org/

Veja também

Convenção da Conib ganha brilho filosófico com presença de Bernard-Henri Lévy

De 23 a 25 de novembro, a Confederação Israelita do Brasil (Conib) promoveu em São …