Novos atentados aconteceram hoje em Israel. Conib condena ataques terroristas em Jerusalém

Duas ações quase simultâneas. Em Jerusalém, uma palestina atacou com faca dois israelenses, pelas costas. Um dos feridos reagiu e atirou contra a mulher, que ficou gravemente ferida. A polícia informou que o atentado foi nas proximidades de onde ocorreu outro atentado, no sábado, em que foram mortos o rabino Nehemia Lavie e Aharon Bennet. Em outra ação, um árabe apunhalou um soldado dentro de um ônibus e tomou sua arma, fugindo em seguida. O atacante se refugiou em uma loja, mas acabou sendo morto por policiais, que cercaram o local.

Israel teme uma nova intifada.

Nesta segunda feira, a Conib – Confederação Israelita do Brasil – condenou os dois ataques terroristas realizados no final de semana em Jerusalém, que mataram dois civis israelenses e deixaram três feridos: uma mulher, um adolescente e um bebê de dois anos. O comunicado também lamenta as declarações de Abbas acusando Israel pela morte dos dois terroristas, quando as forças israelenses simplesmente agiram para impedir que eles fizessem mais vítimas inocentes.

“A Conib acredita que a melhor solução para o conflito israelo-palestino é a retomada das negociações de um acordo de paz, que tenha como meta a solução de dois Estados, criando-se um Estado palestino que viva em paz e segurança, ao lado de Israel”.

“Nesse sentido, lamentamos as declarações, na ONU, do presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, manifestando a intenção de abandonar os acordos de paz de Oslo”.

 

Veja também

Mais um encontro inspirador, na B’nai B’rith, com a neuroeconomista Renata Taveiros de Saboia

Ontem, segunda-feira, tivemos mais um encontro inspirador na B’nai B’rith! A neuroeconomista Renata Taveiros de …