Netanyahu desmente acusações

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, negou as várias acusações de corrupção pouco depois que a Polícia israelense divulgou a recomendação a Procuradoria Geral para acusá-lo, afirmando que ele é apenas “motivado pelos interesses do Estado”.

O primeiro-ministro israelense falou pouco depois das recomendações da polícia, e negou as acusações em uma conferência de imprensa na noite de terça-feira.

Netanyahu disse: “Eu dediquei minha vida à segurança e ao futuro do Estado de Israel”. Não é a primeira vez que Netanyahu enfrenta acusações. Referindo-se a essas alegações, Netanyahu disse que todas as tentativas anteriores “acabaram sem convicção”.

Ele enfatizou ainda que nunca recebeu presentes em troca de favores políticos. E concluiu: Continuarei a liderar Israel com responsabilidade e lealdade, desde que eu seja eleito para liderá-lo, e estou certo de que a verdade se apresentará. Nas próximas eleições, estou certo de que serei eleito.”

JerusalemOnLine

Veja também

O Direito a literatura , comemorando os 30 anos deste ensaio do escritor Antônio Cândido

A Loja Barão Hirsch, de Porto Alegre, promoveu neste último domingo mais uma reunião cultural. …

Skip to content