B’nai B’rith SP leva carinho e alegria às crianças com câncer

Na Oficina do Bem voluntários confeccionam 75 “naninhas”

A Oficina do Bem foi inspirada na Tarde da Costura, na qual as voluntárias da Loja Oswaldo Aranha, da B’nai B’rith São Paulo confeccionam roupas para doação. Ao final do ano passado elas entregaram 600 calças para instituições de assistência social, como fazem há mais de 30 anos.

“Unimos as ideias de aprender, criar algo novo, com fazer o bem, desenvolvendo um projeto que permite total engajamento do voluntário, confeccionando algo que beneficiará outras pessoas, convidando-o, inclusive, a participar da entrega do que ele produziu. Essa é a ideia norteadora do Projeto Oficina do Bem”, explica Zeila Sliozbergas, presidente da B’nai B’rith São Paulo.

Em sua primeira iniciativa, a Oficina do Bem contou com a parceria do Jewish In e da Sun Special, que cedeu seis máquinas de costura.

Com aulas ministradas pela professora de artesanato, Scynthyan Santos, na sede da B’nai B’rith, nossos voluntários confeccionaram 75 almofadinhas (naninhas). “A empolgação tomou conta: secretarias, funcionárias, parentes, todos fizeram questão de participar “, relata a presidente.






Para a entrega das naninhas foram escolhidas duas casas de apoio à criança com câncer. As crianças são encaminhadas pelo sistema de saúde para tratamento em São Paulo. Em geral, vem acompanhadas pela mãe, permanecendo aqui o tempo necessário, que pode variar de meses a anos.

Na primeira, a Casa José Eduardo Cavicchio, em Taboão da Serra, São Paulo, havia desde bebês de colo a adolescentes, de estados distantes, como Maranhão, Piauí, Pará e Amazonas. Todos quiseram receber as naninhas, abraçando-as, sentindo o aconchego e o carinho que os voluntários da B’nai B’rith desejavam lhes proporcionar quando as confeccionaram. Os mais velhos também receberam livros. A B’nai B’rith São Paulo doou um conjunto de fantasias e brinquedos para a Brinquedoteca da Casa.



Fomos recebidos pela diretora da Casa, que relatou as dificuldades devido à falta de patrocinadores desde o ano passado, que está tentando suprir através de telemarketing r e um bazar com lindas peças bordadas e que também recebe doações.



Zeila Sliozbergas, presidente da B’nai B’rith São Paulo, a professora de artesanato Synthyan Santos, a diretora da Casa José Eduardo Cavicchio, Lia Bergmann, assessora de Direitos Humanos e Comunicações da B’nai B’rith e Cristiane Amparo da Silva, coordenadora de Projetos Sociais da B’nai B’rith SP.

 

A segunda visita foi ao Centro de Apoio à Criança Carente com Câncer Cândida Barmejo Camargo – CACCC, em Campo Limpo, que acolhe também adultos. Nas duas Casas quando chegamos, muitos estavam fora para tratamento.


A garotada brincou com as almofadinhas e como estavam na Brinquedoteca aproveitou para vestir as fantasias que a B’nai B’rith doou na ocasião. Assim, se divertiram brincando, esquecendo-se por momentos de seus problemas, sentindo-se como os heróis representados em suas fantasias. Ali também a instituição doou livros para os adultos, deixando naninhas para todos, pois fizeram sucesso nas diversas faixas etárias.



“A gente não valoriza, é algo tão simples, feito sem nenhuma técnica, por voluntários. A importância mesmo a gente viu na hora da entrega, as crianças saíram brincando, rolando com as naninhas, como elas amaram! A gente viu que realmente valeu a pena. Parece que foi o maior presente da vida deles. As fantasias elas repartem o uso, mas as naninhas são de cada um. E mesmo naquela situação tão delicada, as crianças conseguem sorrir.com tanto amor, pelo gesto da gente se lembrar delas, isso é muito impactante”, relata Cristiane Amparo da Silva, coordenadora de

Projetos Sociais da B’nai B’rith São Paulo, que também participou da Oficina do Bem.

“Acreditamos ter aberto mais um caminho para nosso trabalho beneficente, unido muitas pontas, o voluntário, as instituições, as crianças, adolescentes, em um trabalho em rede, tendente a ampliar o raio de ações do bem”, destaca a presidente da B’nai B’rith paulistana Zeila Sliozbergas.

A B’nai B’rith já está planejando as próximas ações do Projeto Oficina do Bem para 2018.

 

Veja também

Madeleine Lackso, apresentará a série Israel em Guerra no canal O Antagonista

A partir de segunda feira, dia 19 fev às 17hrs no canal O ANTAGONISTA, Madeleine …