B’nai B’rith condena incêndio criminoso em igreja na Galiléia

A B’nai B’rith Internacional condena veementemente o ataque incendiário em uma importante igreja ao longo do mar da Galiléia, no norte de Israel, e cumprimenta o primeiro-ministro de israelense por deplorar o ato como “um ataque a todos nós.”

O fogo atingiu grande parte da Igreja da Multiplicação dos Pães e Peixes, onde os marginais deixaram pichações obscenas feitas com spray em uma das paredes.

Este crime indefensável parece ser trabalho de extremistas. O fanatismo é justamente denunciado por praticamente todo o espectro da sociedade de Israel.

Os cristãos são um componente importante da cidadania de Israel, bem como da comunidade internacional dos amigos de Israel. A proteção das minorias e da liberdade religiosa é um pilar da democracia israelense que deve ser defendido sempre.

A B’nai B’rith está confiante de que as autoridades israelenses usarão todos os recursos necessários para rastrear os assaltantes, trazê-los à justiça, e lutar para que não se repita o crime cometido hoje contra uma igreja e contra a coexistência.

A B’nai B’rith Internacional tem defendido a comunidade judaica mundial e a causa dos direitos humanos desde 1843. B’nai B’rith é reconhecida como uma voz vital na promoção da unidade e continuidade judaica e na defesa do Estado de Israel. Com presença em mais de 50 países, é a voz global da Comunidade Judaica. Visite www.bnaibrith.org

Veja também

Encontro da B’nai B’rith, no Zena Cucina, para a Confraternização de Purin

Aconteceu na noite da última quinta-feira (21), o encontro da B’nai B’rith para a Confraternização …