Árabes se manifestam em Israel no Dia da Terra

Dia 30 de março, os árabes celebram o Dia da terra, para lembrar os protestos de 1976, com greve geral nas cidades árabes da Galiléia ao Negev, quando seis árabes morreram em confrontos com o governo.

Lideranças organizaram protestos, mas não houve greve geral no setor árabe como no ano passado.

Diversos políticos árabes recém-eleitos proferiam discursos inflamados em diversas cidades. Um evento maior foi realizado em Deir Hanna, (Galiléia). Em Jerusalém, manifestantes com bandeiras palestinas cantaram slogans e protestaram do lado de fora da Cidade Velha. Na Porta de Damasco, os manifestantes não obtiveram licença para descer pelas ruas e foram dispersados com bombas de gás lacrimogêneo.

Veja também

Nós, da B´nai B´rith repudiamos de forma enérgica e veemente outra declaração tendenciosa, antissemita, racista e fomentadora do ódio proferida na África, pelo presidente Lula.

Nós, da B´nai B´rith – Filhos da Aliança, com 90 anos no Brasil e 180 …