Vinte e uma entidades comemoraram os 70 anos de independência de Israel com um show multicultural

Os 70 anos de Israel foram comemorados com muita emoção no evento “Unidos pela Paz”, um show artístico multicultural, que lotou o Teatro Arthur Rubinstein do Clube A Hebraica, no domingo, 26 de agosto. A iniciativa foi realizada pelo Grupo União em Iom Haatzmaut, que congregou vinte e uma entidades, com apoio do Comitê Israel 70 anos.

A abertura do evento contou com a exibição do filme “Israel Surpreendente”, que integra a campanha publicitária elaborada pelo Comitê Israel 70 anos, mostrando as diversas faces de Israel, geralmente desconhecidas pelo público brasileiro.

Durante quase duas horas, o público se emocionou, cantou junto e ovacionou as apresentações de canto, dança e coral de artistas e grupos do Japão, Hungria, Portugal, Itália e Espanha, que, sob regência e coordenação do Maestro Leon Halegua, se juntaram a Claudio Goldman, Sabrina Shalom, Gabriel Sznelwar, Gerson Herszkowicz, Margot Kullock e as irmãs Grabarz, além dos grupos de dança da Hebraica.

A iniciativa também contou com a participação dos corais da Fapesp e de Paraisópolis, além de um Mega Coral com 120 jovens e adultos resultado da união dos corais da A Hebraica, Associação Religiosa Israelita de Santo André, Casa do Povo, Comunidade Shalom, Unibes, Wizo e dos corais Zemer e de Boca em Boca. Houve também o toque do Shofar, anunciando a proximidade do Ano Novo Judaico.

“O principal significado desse evento foi a união fantástica de toda a comunidade para fazer o bem e mostrar que Israel é um lugar maravilhoso, e que o povo judeu quer a paz. Fico muito contente e me sinto protegido em ver o grandioso trabalho realizado pelas nossas organizações. Tenho certeza que essa união ainda vai gerar muitos frutos para todos nós”, destacou o presidente da Hebraica, Daniel Bialski.

A B’nai B’rith é uma das integrantes do Grupo União em Iom Haatzmaut.

Veja também

Mona Dorf entrevista Jayme Garfinkel