Tribunal polonês confirma que Janusz Korczak foi morto em ue Treblinka

A Corte Distrital de Lublin confirmou que o mártir humanista e pedagogo polonês Janusz Korczak foi assassinados em 7 de agosto de 1942, no campo de concentração de Treblinka, durante o Holocausto.

Nascido Henryk Goldszmit, este professor e escritor judeu dirigiu um orfanato, mantido inclusive no Gueto de Varsóvia. A resistência judaica se ofereceu para salvá-lo, mas ele quis permanecer com suas crianças (mais de 90) até o fim e todos foram executados. É considerado o “pai” da pedagogia moderna.

Veja também

Feliz aniversário, São Paulo!

Skip to content