Supremacistas Brancos matam mais nos EUA em 2017

Em um relatório sobre os Assassinatos e Extremismo nos EUA em 2017, a ADL (Liga Anti- Difamatória) analisa os números referentes a 2017. Um dado chama a atenção, o total é quase a metade dos cometidos em 2016. A pesquisa revela também que os supremacistas brancos ultrapassaram os islâmicos como responsáveis pelos crimes desta lista.

Veja o gráfico:

Estão entre os dados inseridos no “Murder and Extremism in the United States in 2017,” a new report from ADL’s Center on Extremism. “Assassinato e Extremismo nos Estados Unidos em 2017”, um novo relatório do Centro sobre Extremismo da ADL.
Leia mais em: ww.adl.org

Veja também

Noite de Cristais – 81 anos depois

Como sobrevivente do Holocausto, não posso deixar de lembrar esta triste data que marcou o …