Sociólogo francês lança no Brasil o livro “Antissemitismo explicado aos jovens”

Alarmado com o pouco conhecimento das novas gerações acerca do antissemitismo, o sociólogo francês Michel Wieviorka, descendente de sobreviventes do Holocausto, escreveu o livro “Antissemitismo explicado aos jovens” (Edições de Janeiro), lançado recentemente no Brasil, com tradução de Joel Ghivelder e prefácio de Israel Klabin.

Publicado na França em 2014, aborda as origens do antissemitismo e seus desdobramentos. “Uma sociedade que trata à parte um grupo humano, que tolera o desprezo contra ele, o ódio, práticas de discriminação, de segregação, de violência, é uma sociedade doente, injusta, não democrática, que se afasta de valores humanistas que ela deveria respeitar e promover”.

E destaca: “O antissemitismo é um problema de democratas e humanistas, não apenas um problema dos judeus. O mesmo vale para todas as outras formas de racismo”.

Em reportagem da Comunidade na TV, especialistas falam sobre o desafio de ensinar aos jovens sobre as metamorfoses do velho ódio aos judeus.

exame.abril.com.br

Veja também

Encontro Literário com Jonas Rabinovitch na B’nai B’rith

No domingo passado, a B’nai B’rith promoveu uma conversa literária com o arquiteto e urbanista …