Site reúne denúncias de crimes na Internet

A ONG Safernet Brasil lançou um site que mostra um estudo sobre denúncias de crimes na Internet. De acordo com a entidade, em quase sete anos, no Brasil, foram recebidas mais de 3,1 milhões de denúncias envolvendo quase 500 mil URLs (páginas únicas) escritas em nove idiomas espalhadas por 88 países. Do total de denunciantes, 99% são anônimos. Pornografia infantil é o crime que recebe mais denúncias no Brasil (38,65%). Racismo responde por 21,8% das denúncias; apologia ao crime, 15,7%; homofobia, 6,4%; intolerância religiosa, 5,8%; maus tratos contra animais, 3,27%; xenofobia; 3,24%; neonazismo, 1,92%; e tráfico de pessoas 1,58. As denúncias são analisadas por membros da Safernet e enviadas ao Ministério Público e à Polícia Federal.

Em dados gerais no mundo, a pornografia infantil registrou 1.263.253 denúncias anônimas, cerca de 40% do total, envolvendo 221.267 páginas em nove idiomas. Em segundo lugar está o crime de apologia e incitação a crimes contra a vida com 602.244 mil denúncias (19,29%). Na sequencia estão os crimes de racismo, com 291.146 denúncias (9,32%); intolerância religiosa, com 246.036 denúncias (7,88%); maus tratos contra animais, com 235.667 denúncias (7,54%); neonazismo, com 221.368 denúncias (7,09%); xenofobia, com 120.780 denúncias (3,86%); homofobia, com 106.082 denúncias (3,39%) e tráfico de pessoas, com 4.151 denúncias (0,13%). A rede social Orkut, do Google, é o site que abriga o maior número de denúncias de crimes na web. O levantamento, considerando o período de janeiro de 2006 e outubro de 2012, afirma que o endereço “orkut.com.br” registrou 179.993 denúncias em todo o mundo (39%). O Facebook está em quarto lugar, com 11.255 (2%) das denúncias, o Twitter está em quinto lugar, com 7.392 (1%) e o YouTube está em sexto lugar com 5.408 denúncias (1%).

Veja também

Nota de repúdio sobre o “Desafio do Holocausto” da Rede Social TikTok

Deixe uma resposta

Skip to content