Sirenes de alerta soam em Eilat e em seguida foguetes explodem

O Aeroporto de Eilat ficou temporariamente fechado para pousos, depois que um foguete caiu num canteiro de obras, e outro em área aberta, depois que a sirenes soaram às 9:00 horas nesta manhã (horário de Israel) e se ouviram explosões. Relatos da mídia israelense falam de 2 foguetes, que impressionaram também a população na Jordânia.

Embora o Egito negue que tenham sido disparados do Sinai, a polícia de Eilat afirmou que pelo menos dois foguetes Grad foram disparados a partir da península do Sinai, atingindo Eilat, sem deixar feridos, mas causando danos. Diversos moradores ficaram em estado de choque;

As Forças de Defesa israelenses implantaram um Domo de Ferro na região, no início do mês, em antecipação a possíveis ataques a partir da península do Sinai.

Falando no Parlamento, logo após os ataques, o Ministro de Energia e Águas Silvan Shalom disse: “Ontem comemoramos o Dia da Independência, e esta manhã, recebemos uma lembrança dolorosa do lugar em que vivemos”. “O ataque reforça a necessidade que temos de salvaguardar a nossa própria segurança. O ano de 2013 será decisivo com ameaças difíceis e complexas.”. Esta não é a primeira vez que a cidade resort foi atingida por disparos de foguetes. Houve três ataques desse tipo em 2012.

Em um comunicado publicado em seu site, o grupo militante radical al-Shoura Magles assumiu a autoria dos disparos de foguetes que atingiram Eilat nesta manhã. O grupo disse que o ataque foi uma retaliação pelo que chamou de ataque do exército israelense contra os manifestantes, após a morte de um prisioneiro palestino.

Fontes de segurança egípcias afirmaram que os foguetes foram disparados, provavelmente, a partir do território egípcio.

Veja também

Mais um evento confirmado. Participe!

Vem aí mais um encontro virtual. Desta vez o tema será Holocausto em Memória. A …

Deixe uma resposta

Skip to content