Sementes de uva com mais de 1.500 anos são achadas em Israel

Sementes de uva carbonizadas com mais de 1.500 anos foram descobertas recentemente em uma escavação arqueológica nas ruínas da antiga cidade bizantina de Halutza, a sudoeste de Berseba, em Israel. Em seu auge, nos séculos VI e VII D.C., Halutza ou Elusa como era chamado em grego, era a mais importante cidade bizantina da área do Negev.

Veja também

Mil Faces do Ódio – Uma exposição educativa e necessária

NESSIM HAMAOUI E EQUIPE tem a honra de convidar para a inauguração do Espaço Kadimah …