Rosh Hashaná – Véspera 09/09/2018-29 Elul 5778

1º dia 10/09- 01 Tishrei 5779
2º dia- 11/09-02 Tishrei 5779

Ressoa o shofar durante todo o mês de Elul, é o chamado para a reza, mas não é só isto, é também o nosso envolvimento com a Teshuvah, o balanço do ano que passou e dos desejos para o ano novo de 5779.

“Listen to Listen – Escutar por Escutar”, como diz o Rabino Lorde Jonathan Sacks, significa o mais profundo da nossa capacidade de escutar o nosso semelhante. Somos um povo que sabe escutar enquanto a maior parte do mundo vê as telas dos computadores e celulares.

Teshuvah é muitas vezes traduzido como arrependimento, mas o seu real significado é o “Regresso a Casa”. O arrependimento também poderia ser entendido como um retorno ao amago de nosso ser, com o qual poderemos ficar em paz, dependendo de nossas ações a partir dai.

Somos também um povo ligado à terra de Israel historicamente sob todos os aspectos milenares. O ano que passou foi, sem dúvida, repleto de desafios, com constantes confrontações para o Estado de Israel, pois tentam ameaçar a segurança do único país democrático no Oriente Médio. País de índole democrática, sempre preocupado com a tranquilidade de seus habitantes.

——————————————————————————————
A sétima aula do Rabino Jonathan Sacks nos traz um panorama de fé e o nosso contato com o Eterno em “o caminho da fé”, amor e lealdade. Muitas lições a conferir.

A oitava lição nos fala: “O caminho de Israel- the way of Israel – A terra Judaica”. Em uma visão geral considera o papel de Israel historicamente: halachico, cultural e espiritualmente.

Aborda a sua miraculosa natureza, e sua história moderna de um criativo Estado.

Entende o papel de Israel no preenchimento do destino Judaico e sua natural missão.

Nenhuma religião é tão ligada ao destino de uma terra e sua preservação.

Todas estas questões são um constante desafio ao nosso povo. Só com sabedoria é possível ter alguma segurança.

Que o próximo ano de 5779 possa trazer fontes de iluminação a caminho da paz e da esperança para Israel e para todos.

Shaná Tová Umetuká.

Ernesto Strauss – Diretor Cultural da B’nai B’rith do Brasil

Veja também

Uma noite emocionante, marcante que reuniu ganhadores do Projeto Mergulho, da B’nai B’rith.

Com o auditório repleto de professores e alunos de escolas municipais de São Paulo, ocorreu, …

Skip to content