Quem é o dono da “piscina nazista”?

O professor de história Wander Pug, leciona na rede pública de Santa Catarina. A piscina na residência na cidade de Pomerode foi descoberta em uma ação da polícia civil, e virou notícia no mundo, pela “homenagem” ao nazismo.  Ele também batizou o filho de Adolf, exaltou os militares da “contrarrevolução” de 1964, chegou a afirmar que os negros eram coitados – pois ficaram “desempregados” com o fim da escravidão – e chorou, ao receber a saudação nazista em uma festa de formatura de seus alunos.

Em 31 de março desse ano, nos 50 anos do golpe militar, ele afirmou na Rádio Nereu Ramos, de Blumenau, que os eventos de 1964 não foram de golpe e, sim, “uma contrarrevolução”.

Veja também

Encontro da B’nai B’rith, no Zena Cucina, para a Confraternização de Purin

Aconteceu na noite da última quinta-feira (21), o encontro da B’nai B’rith para a Confraternização …