Presidente Turco diz que os muçulmanos devem afirmar dominância sobre Jerusalém

Enquanto Israel comemorava a reunificação da sua cidade Santa, Jerusalém, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan proclamava que os muçulmanos devem afirmar seu domínio sobre Jerusalém:

“Os muçulmanos perdemos o caminho para Jerusalém,” proclamou. “A água dos nossos olhos congelou fazendo-nos cegos e nossos corações que estavam destinados a lutar por Jerusalém agora, em vez disso, se condicionaram à rivalidade e ao estado de guerra uns com os outros.”

Erdogan continuou: “…a pior ascensão é a de Jerusalém e a Mesquita de al-Aqsa,” disse

A Mesquita de Al-Aqsa situa-se na cidade velha de Jerusalém e é considerada o terceiro local mais sagrado no Islã. Situa-se no Monte do Templo, que é o local mais sagrado no judaísmo. Israel tem o controle da cidade velha, mas a mesquita é controlada por funcionários jordanianos e palestinos. Apesar disso, Erdogan disse a seus compatriotas para “pedir a Deus para restaurar a Mesquita de Al-Aqsa para a infalibilidade dos muçulmanos.”

Erdogan é conhecido por seus pontos de vista antissemitas. Esse ódio aberto contra Israel tem se manifestado na Turquia.

Leia mais: http://www.blog.standforisrael.org/articles/

Veja também

B’nai B’rith Brasil lastima a morte do Rabino Jonathan Sacks

É com profunda tristeza que a B’nai B’rith do Brasil lastima o falecimento do Rabino …

Skip to content