Parashiot Shoftim e Reê

Parashat Hashavua por Ernesto Strauss

A ARTE DE DAR
Fonte: Rabino Pinchas Hacohen Peli z”l

O livro de Deuteronômio trata principalmente de uma sociedade mais justa. Igualdade aos olhos da lei.

“Nunca haveria de ter pobres na terra!”

Todas as leis estão agrupadas na Tzedaká. Quando deres não o faça de má vontade.

Em seguida vem a boa vontade para com a comunidade. Vale observar de que não ha comunidade a qual não tenha uma caixa de Tzedaká.

——————

A SABEDORIA MAIOR QUE O PROFETA
Fonte: Rabino Jonathan Sacks

Na Parashá (porção semanal) Shoftim, Moisés explica finalmente como se honra a Eterno.

Ele também orienta os novos líderes do povo como se devem comportar ao dirigir a sociedade. Ele os alerta contra falsos profetas.

Ao final, Moisés abençoa o povo ao partir.

Acredito que a sociedade com profecias e profetas sobreviva quando se sobrepuserem a utopias e ideais e prática a policiais. Esta é a visão dos profetas que orientam os povos. Eles, além de passarem as profecias, conseguirão ir adiante.

——————

O QUE HÁ EM SHOFTIM
Moisés instrui o povo de Israel…
Fonte: Chabad News

Designação de juízes e funcionários de lei em todas cidades.

“Justiça, Justiça!!! Vocês devem buscá-la”.

D´us ordenou que vocês devem administrar sem corrupção e favoritismo.

Não devem cortar arvores frutíferas quando estiverem a fazer o cerco.

“O homem é com uma árvore no campo. Segundo a Torá, reforça os líderes das comunidades não por aquilo que devem fazer mas, principalmente, por aquilo que podem deixar de fazer.”

——————

AS PORTAS DA PAZ ESTÃO SEMPRE ABERTAS
Torá ao redor do mundo
Fonte: Rabino Alan de Loudy – Kansas – Missouri City -EUA

Há nove anos estou sempre em contato com o grupo de jovens a estudar as Parashiot (porções semanais).

Moralidades, Ética e Justiça estão sempre em pauta e como prioridade na minha mente.

Os textos oferecem elementos para profundas reflexões.

As leis são amplas e descritas em Deuteronômio 20.

Rashi analisa as ofertas entre as nações cananeias. As pessoas questionam muito as diversas saídas das guerras de conquistas. As animosidades e desconfianças fazem parte. E o estudo de conciliação também.

Será que haverá caminhos para um futuro promissor?

Veja também

Parashiot Há´azinu e Bereshit

O MAIS HUMILDE DOS HOMENS Rabino Pinchas Hacohen Peli z”l Desolado, mas não vencido, é …

Skip to content