Parashat Hashavua – Parashat Bo

Parashat Hashavua por Ernesto Strauss


Na casca de noz. A história que contamos a nós mesmos.

Fonte: Rabino Jonathan Sacks

Nesta porção, o Faraó continuava a questionar. Então veio a escuridão e a décima praga – a morte de primogênitos.

Os filhos dos israelitas foram protegidos ao colocar sangue de cabrito sacrificado no batente de suas portas.

Os judeus não saíram logo do Egito.

Moisés tinha de lhes explicar como.

Sendo que, durante milênios, nós contamos a história a nossos filhos nas noites do Seder de Pessach, com matzá à mesa.

A lembrar sempre!

——————-

A porção de Bo é profundamente vinculada à porção Bereshit.
Fonte: World union for Progressive Judaism.
Rabino Joseph Edekheit – fundador da Associação Israelita do Norte Paranaense (Beit Hatikwah)

D’us criou o mundo e os israelitas “roubaram” a terra de Canaã, de acordo com a afirmação do comentarista bíblico, Rashi.

Abraham Joshua Hesheil dizia:

“Aprenda na presença de D’us, fazendo perguntas para sustentar o aprendizado”.

——————-

Não há fórmulas fáceis.
Fonte: A Torah Hoje
Rabino Pinchas Hacohen Peli z”l

Após a sétima praga, Faraó convocou Moisés e Aron. Disposto a ceder, perguntou: “Quem irá?”

Moisés respondeu: “Irão os nossos homens, mulheres, jovens e crianças, nosso gado e nossos pertences. ”

O Faraó retrucou: “Somente vocês, os homens”. Era primeira prova de chauvinismo da história

Moisés e Aron não concordaram. Seguiram as pragas e a história!

Veja também

Dr. Fernando Costa fala NESTA QUARTA-FEIRA, 25 de março, por meio de LIVE no Facebook da B’nai B’rith

VAI SER ON-LINE!!! O Dr. Fernando Costa fala NESTA QUARTA-FEIRA, 25 de março, por meio …

Skip to content