Parashá Pinchás

Parashat Hashavua por Ernesto Strauss

 

A ESCOLHA DE UM LÍDER
Fonte: Rabino Pinchas Hacohen Peli z”l

A principal preocupação de Moisés quando deixasse este mundo não era em relação à sua família ou a seus negócios particulares. O que o preocupava era o seu povo.

Moisés pediu a D’us que nomeasse um sucessor. Um novo líder seria o que tolerasse todos os pontos de vista.

Um bom líder deveria conhecer as suas fraquezas e ser capaz de tolerar a si mesmo.

D’us nomeou então Josué, o filho de Nun. Ele era jovem e não se afastaria dos princípios divinos. Moisés então colocou as suas mãos na cabeça de seu sucessor e lhe deu as benções da continuidade.

——————

A MORAL VERSUS DECISÕES POLÍTICAS
Fonte: Rabino Jonathan Sacks

Apesar de terem escapado do destino de Bil´am, os  israelitas se levaram a um desastre: 24 mil foram punidos por se juntarem a mulheres moabitas.

Temos duas histórias nesta Parashá: a de Pinchas ao acertar com as filhas Tzelofolotas as divisões terras de cujo pai só teve filhas. E a segunda questão pela preocupação de Moisés a respeito de seu sucessor e o pedido que faz a D´us para tal.

Coube a Pinchas atuar. Ele era filho de Eliezar, que era sacerdote (cohen) o qual, por sua vez, era filho de Aharon.

Questões a considerar?

Com podemos nos garantir ao evidenciarmos que não temos hoje em dia profetas, tampouco lideranças políticas para assegurar a continuidade? Hoje que somos castigados pela Convid-19?

Acredito que os líderes atuais devem ter moralidade a exemplo de Pinchas e, consequentemente, as nações florescerão.

——————

COMO HONRAR A NOSSA REZA
Fonte: Aleph Beta

O que significa ser zeloso com D’us?

Pelo fato de Tshelofotas só ter filhas, D´us abriu uma exceção e fez com que elas herdassem as terras que ele possuía. E ainda mais: a partir daquele momento, para toda família que não tivesse um filho homem, somente mulheres, a regra seria a mesma.

Moisés pede a ao Eterno para indicar um sucessor. D’us indica Josué (Jehoshua) com o intuito de ele trabalhar pelo nosso povo.

——————

Edição 5 a 11de julho 2020
Fonte: Veshinantan – CHABAD

O Eterno falou que o filho de Eliezar desviou Sua ira aos filhos de Israel. Depois disse: “Eis que estou dando eles o meu pacto de paz”. D’us disse a Moises: “Hostilizei os midianitas e os golpeei. Levante os filhos acima de 20 anos aptos a defenderem o nosso povo”.

E aí teve início a divisão das terras entre as diversas gerações.

“Você repartirá as terras de acordo com suas famílias. Você repartirá as terras mediante sorteio, pelas planícies de Moab”, disse D´us.

Moisés disse ao povo: “O que D’us ordenou faremos”!

——————

PROMESSA TENRA DE D’US
Word Union for Progressive Judaism
Fonte: Rabino Stuart.A. Pollak – New Yersey USA

Pinchas é parte da alta sociedade israelita; ele é descendente de Aharon, o sacerdote (cohen), que era seu avô.

Ele realiza tudo de melhor para a sociedade israelita a caminho para a terra prometida.

Mas ele reagiu contra um casal que pecou, matando-o por adorar ídolos midianitas.

Apesar da tragédia, a praga do adultério parou.
D’us lhe concedeu então uma “Aliança de Paz”.

Uma aliança de paz para o mundo é um perdão das más intenções que assolam o mundo.

Brith Shalom (aliança de paz) torna Pinchas um aliado do Eterno e o eleva a um caminho da preservação das tradições.

 

Veja também

Parashiot Nitsavim, Vaiêlech e Ki Tavô

ESCOLHENDO A VIDA Fonte: Rabino Pinchas HaCohen Peli z”l Moisés insiste reiteradamente que a única …

Skip to content