O programa Ciência sem Fronteiras

O ministro da Ciência e Tecnologia Aldo Rebelo mostrou à Conib que há somente nove bolsistas brasileiros em Israel sob o programa Ciência sem Fronteiras, todos por iniciativa pessoal. Há, portanto, um grande potencial para envio de mais bolsistas.

O ministro confirmou que não há programa estruturado para Israel e prometeu conversar com o CNPq sobre o tema.

Com Israel, o Ciências sem Fronteiras tem parceria com o CHE – Council for Higher Education, somente para doutorado e pós-doutorado. A Embaixada de Israel solicitará audiência com Rebelo para ampliar as possibilidades para graduação e mestrado.

Rebelo também conversou sobre o quadro regional e a recente Cúpula das Américas, no Panamá.

Veja também

Encontro da B’nai B’rith, no Zena Cucina, para a Confraternização de Purin

Aconteceu na noite da última quinta-feira (21), o encontro da B’nai B’rith para a Confraternização …