Merkel faz emocionante pronunciamento contra o antissemitismo

A chanceler alemã Angela Merkel pediu “ação intensiva” contra o antissemitismo, incitando a vigilância particularmente em relação aos jovens “onde o ódio à Israel e o antissemitismo é generalizado”.

“O antissemitismo é mais penetrante do que imaginamos e é por isso que temos de agir de forma intensiva contra ele”, afirmou Merkel em seu podcast de vídeo semanal.

A chanceler exortou as pessoas a considerarem seriamente as preocupações levantadas, no final de novembro, pelo presidente do Conselho Central dos Judeus na Alemanha, Josef Schuster, que estava preocupado que muitos requerentes de asilo “vêm de culturas onde o ódio aos judeus e a intolerância estão profundamente enraizados.”

A Alemanha recebeu cerca de 1,1 milhão de pedidos de asilo em 2015, muitos fugindo da guerra e perseguição na Síria, Iraque e Afeganistão.

“Temos que ser cuidadosos especificamente com os jovens que vêm de países onde o ódio a Israel e aos judeus é generalizado”, ela insistiu, sem mencionar os nomes de todos os países nem diretamente referindo-se aos que pedem asilo.

“Temos visto manifestações de antissemitismo em várias escolas e locais de encontro de jovens, contra o qual todos os adultos devem agir”, acrescentou Merkel. “Devemos também encorajar os alunos que não pensam dessa forma, para que digam claramente que esta não é a forma como devemos ser”, ressaltou.

“Podemos discutir sobre esta questão, mas também deve ser claro: o antissemitismo não tem lugar em nossa sociedade (…) devemos simplesmente definir limites claros”, concluiu Merkel.

www.ruajudaica.com

Veja também

Longevidade ExpoForum

O projeto “Juntando Pontas”, da B’nai B’rith, marcou presença Longevidade Expo Fórum com um estande …