Mais um ato doloroso a lamentar

A B´nai B´rith do Brasil vem a público manifestar seu total repúdio a mais um atentado contra judeus que estavam rezando no último da celebração de PESSACH 5779, na sinagoga Beit Chabad, em Powat, na Califórnia, pelo simples fato de serem judeus.

PESSACH é o momento em que lembramos a saída da escravidão dos hebreus nas mãos dos Faraós no Egito antigo e reverenciamos o VALOR da LIBERDADE e AUTODETERMINAÇÃO.

Lori Gilbert Kaye Z’L, uma voluntária de grande dedicação, faleceu no episódio que resultou também em vários feridos, incluindo o rabino local.

Desejamos pronto restabelecimento aos que se recuperam e os nossos mais profundos sentimentos à família da senhora Lori Kaye Z’L.

Que o ódio, a intolerância, o preconceito e o antissemitismo possam ser superados com veemência para que crimes hediondos como este possam ter fim.

Reiteramos a responsabilidade das autoridades em promoverem os valores de uma sociedade diversa e harmoniosa, onde todos os seus membros são respeitados e protegidos.

Abraham Goldstein
Presidente da B´nai B´rith do Brasil

Veja também

Dom Manoel é eleito presidente da Comissão para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da CNBB CNBB – Conferência dos Bispos.

Na quarta-feira, 8 de maio, durante a Assembleia Geral da CNBB em Aparecida (SP), o …