Judeus israelenses consideram que movimentos conservador e reformista devem ter status igual ao ortodoxo

Entre as descobertas da pesquisa está a de que apesar de a maioria dos judeus israelenses acreditar que os movimentos conservador e reformista devem ter uma postura igual a da ortodoxia em Israel, somente uma minoria é favorável a que o governo financie os ramos não ortodoxos. Quando indagados se as linhas conservadoras e reformistas poderiam ter igual status ao da ortodoxia em temas importantes como conversão e casamento, 26.4% responderam ter certeza que sim, 24% disseram “achar” que sim, 43.4% afirmaram ter certeza que não  ou achar que não.

Outra revelação, a de que apenas 38.9%, dos judeus israelenses apoiam  ajuda financeira a atividades comunitárias no exterior. Isso  semanas após a o governo ter aprovado a destinação de 180 milhões de shekels nos próximos três anos para programas da Diáspora que fortaleçam a identidade judaica.

Veja também

Nota de repúdio sobre o “Desafio do Holocausto” da Rede Social TikTok

Deixe uma resposta

Skip to content