Genocídio Armênio

A data de 24 de abril marca mais uma mancha na história da humanidade: o Genocídio Armênio, que hoje completa 104 anos.

Consistiu no extermínio sistemático, pelo governo otomano, da população armênia que vivia à época na atual Turquia. O total está entre 800 mil a 1,5 milhão de pessoas assassinadas.

Foi considerado o primeiro grande genocídio do século passado, sendo que, ainda hoje, apenas 30 países reconhecem este triste episódio, tão provado, evidente e demonstrado.

A subcomissão de Proteção e Promoção dos Direitos Humanos da ONU também o reconhece. Mas ainda é pouco, considerando o fato de ter sido uma das grandes atrocidades da humanidade.

Temos de chamar a atenção à consciência humana para que tais fatos nunca mais se repitam. Como judeus, temos a triste experiência do #Holocausto, imposto pelos nazistas e seus colaboradores. E sabemos quanto é necessário sempre conscientizar a população a identificar, desde os primeiros passos, as políticas de mandantes que levam a praticar a discriminação e, assim, justificar a eliminação dos diferentes.

Abraham Goldstein
Presidente da B´nai B´rith do Brasil

Veja também

Dom Manoel é eleito presidente da Comissão para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da CNBB CNBB – Conferência dos Bispos.

Na quarta-feira, 8 de maio, durante a Assembleia Geral da CNBB em Aparecida (SP), o …